Tag: IBGE

0 comments

Instituto irá contratar mais de 82 mil profissionais. Setor defende que a pesquisa seja realizada a cada 5 anos

 

Na última década, a agricultura brasileira se modificou significativamente, principalmente da ‘porteira para dentro’. O setor registra inúmeras transformações, desde a utilização de novas tecnologias para plantio e colheita até cultivares e produtos para alavancar a produtividade.

 

Para mapear essas transformações do agronegócio nacional, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com as inscrições abertas para o concurso para contratar mais de 82 mil profissionais. O objetivo levantar as informações para o Censo Agropecuário 2016, que vai a campo a partir de abril de 2017. O último estudo deste gênero foi realizado em 2006.

“Até hoje, as informações utilizadas são de 10 anos atrás. Precisamos de novos dados, pois as transformações no setor foram imensas nestes últimos anos”, destaca o agrônomo Robson Mafioletti, assessor técnico-econômico da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar). “O ideal, pela importância do agronegócio, seria um censo a cada 5 anos”, complementa.

Os cargos disponíveis são para analista censitário (223), agente censitário regional (486), agente censitário administrativo (700), agente censitário municipal (5.500), agente censitário supervisor (12.540), agente censitário informativo (174) e recenseador (62.400). Os profissionais, que serão selecionados por processo seletivo simplificado, irão coletar informações sobre o uso da terra e água, sustentabilidade, agricultura de precisão, máquinas agrícolas, uso de agrotóxicos, agricultura familiar, entre outros fatores pertinentes ao agronegócio nacional.

“Muita coisa está mudando rápido. O censo é muito importante”, diz Ricardo Wolter, presidente do sindicato rural de Carambeí, nos Campos Gerais.

Inscrições

A inscrição deverá ser efetuada somente via internet, no período de 26 de janeiro até 22 de fevereiro, na página da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br). As provas objetivas estão previstas para 22 de maio, com duração de 4 horas, das 13h às 17h.

ae